segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Conheça o parque real que inspirou a série Westworld



Atenção, senhores passageiros! Favor se manterem sentados em seus lugares pois o trem já está chegando para o desembarque na estação. Muito em breve, os senhores poderão viver uma experiência única e extremamente real em nosso parque temático. Logo os senhores poderão finalmente conhecer o parque de Westworld... Western Village!

É isso mesmo, você não leu errado. Se você também está completamente fissurado pela nova série da HBO, Westworld, então muito provavelmente você também sentiu uma inexplicável vontade de conhecer e passar alguns dias no meio do Velho Oeste com todos aqueles robôs. E, se você pensava até o momento que um parque, Velho Oeste e robôs seria uma mistura surreal e totalmente exclusiva para a televisão, é melhor começar a rever os seus conceitos. O Westworld da vida real existe - e bem antes do que o parque de Dolores. 

Conheça Western Village

Western Village foi um parque temático japonês que buscou proporcionar aos seus visitantes a experiência real de vivência no Velho Oeste. Para total imersão de seus clientes, vários robôs contribuíam com a narrativa temática, interagindo com pessoas reais em ambientes completamente construídos para simular a realidade. Duvida? Saiba que o parque Western Village tinha até mesmo uma réplica gigante do Monte Rushmore


Apesar de se localizar em Tóquio, no Japão, o parque que inspirou Westworld era tão bem caprichado que, em nenhum lugar que o visitante olhasse, poderia ser identificado qualquer elemento característico da arquitetura japonesa. Todos os edifícios, árvores e até mesmo a grama eram réplicas do que poderia ser encontrado no antigo Oeste americano. 


Construído em 1995, o parque temático de Western Village custou a bagatela de US$27.000.000,00 (vinte e sete milhões de dólares) na época. Todo esse gasto é compreensível, já que o parque compreendia um Saloon, uma cadeia, um rio apelidado de "O Grande Estéril Mexicano" e a réplica do Monte Rushmore

Infelizmente, o Western Village não teve a mesma sorte que Westworld, já que em 2007, apenas 12 anos após a sua abertura, o parque teve que fechar as portas por falta de público. Desde então, as coisas se mantiveram em seus devidos lugares no parque abandonado, esperando lentamente a ação do tempo deteriorar todo este mundo mágico. 


A história por trás do parque é ainda mais misteriosa que a de Westworld. Antes de sua grande inauguração, em 1995, o parque de Western Village já funcionava de uma maneira mais modesta - sem robôs ou atividades imersivas - desde a década de 1970. Na época, ele era chamado de Rancho Kinugawa, um tranquilo local onde os visitantes poderiam relaxar com aulas de laço, passeio em cavalos e pescaria em um grande lago. Com o tempo - e com as ideias excêntricas de seus mantenedores - o parque foi se evoluindo até admitir os robôs e as estruturas que estamos conferindo nas imagens. 



Apenas podemos torcer para que Westworld da HBO não tenha o mesmo trágico destino que Western Village. Pelo menos os robôs de Western Village parecem bem menos perigosos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário