segunda-feira, 30 de março de 2015

Resenha: Para sempre - Kim & Krickitt Carpenter


Título Nacional: Para Sempre
Autores: Kim & Krickitt Carpenter
Lançamento: 2011
Gênero: Romance, Drama
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 144
ISBN9788581630083
Melhor Preço: R$ 19,30
 *pesquisado 30/03/2015 e o melhor preço é o da SARAIVA


Resenha:
Primeiramente gostaria de deixar claro que o livro é muito, mas muito diferente do filme. O filme foi baseado nesse livro, mas mudam muita coisa que eu mesmo quando assisti pensei "nossa, será que eles pegaram o livro certo pra fazer isso?".
O "Para Sempre" foi escrito por Kim & Krickitt Carpenter que são os personagens principais da historia, do romance. Lembrando que o livro foi escrito baseado em fatos reais, e que os escritores foram as pessoas que passaram pelo que o livro cita.
Eu achei a capa muito linda. Nela, estão os dois atores que foram escolhidos para fazer o filme. Não gosto muito de capas em versão filme, mas mesmo assim sou apaixonado por essa capa, inclusive ela meio que me lembrou as capas de quase todos os livros do meu adorado escritor romântico Nicholas Sparks.
O livro foi editado pela "Novo conceito" e foi lançado no Brasil em 2011. Ele tem 144 paginas. Elas são da cor creme (eu acho). Não são nem amareladas e nem brancas. As folhas são meio porosas e não tão lisas quanto alguns livros que eu já li. Eu gostei.
A historia é sobre duas pessoas que se conheceram através do telefone. Kim era treinador de um time de basebol e ele sempre ligava para uma loja esportiva (a mesma loja) para comprar e encomendar artigos para a equipe dele. Um dia, quem atendeu o telefone dessa loja foi a Krickitt e ao ouvir a voz dela, Kim ficou extremamente apaixonado pela voz dela (o que eu achei uma coisa meio boba pois na minha opinião é estranho uma pessoa se apaixonar por outra apenas pela voz, mas é a minha opinião).
Sempre que ele precisava ligar pra essa loja, ele ficava torcendo para que ela atendesse pra poder ouvir a voz dela novamente. O tempo foi passando e eles deixaram de falar apenas de assuntos de trabalho e começaram a comentar sobre coisas da vida a passar mais tempo falando coisas aleatórias. 
Então eles resolveram começar a mandar carta um para o outro, mandaram fotos de como eram para que não ficasse uma coisa muito as cegas. Eles resolveram se encontrar e ela foi para a cidade dele e assim que se encontraram passaram horas conversando. Era como se não acabasse o assunto.
Depois eles se casaram e viveram um tempo juntos. Aquela coisa de feliz para quase sempre.
Um dia eles estavam indo para a casa da mãe de Krickitt comemorar "o dia de ação de graças" e nisso sofreram um terrível acidente. Uma van bateu de frente com o carro e fez com que ele capotasse varias vezes e parou de ponta cabeça. O acidente é muito bem detalhado, acho que apenas quem passa por uma coisa dessas consegue explicar tão bem. Chegava a me dar desespero ao ler.

AGORA VEM A PARTE BOA
Enquanto ele teve alguns ferimentos, ela bateu a cabeça com força e isso afetou o cérebro dela de uma forma que ninguém imaginaria. 
Depois que viram que a memoria dela não iria voltar tão fácil, Kim teve que ir voltando a montar uma vida com sua esposa sem que ela se lembrasse de tudo o que eles viveram já que a perda de memoria afetou até um tempo antes deles se conhecerem pelo telefone.
Era difícil para ambos. Kim que tentava muito construir uma vida nova com a historia antiga de amor e Krickitt que não se lembrava de nada, mas que queria essa vida que Kim estava disposto a mostrá-la.
Não tive como conter as lagrimas em muitos capítulos. O amor que eles descrevem é forte e acho que pelo fato de ser uma historia real acaba comovendo muito mais do que um livro inventado.
Não vou contar mais nada daqui pra frente porque acho que é melhor vocês lerem, vale muito a pena.
Não adianta pensar "ai, spoiler, muito obrigado por contar uma coisa que eu não queria saber antes" já que essa historia é pública, saiu em milhares de revistas e jornais em torno do mundo. Inclusive esses são eles:



LEIA UM TRECHO
Não havia dúvida de que teríamos que tomar uma decisão sobre o futuro de nosso relacionamento. Não conseguia imaginar a possibilidade de não ter Krickitt em minha vida a partir daquele momento, e esperava que ela sentisse o mesmo em relação a mim. Mas tínhamos empregos e famílias que estavam a centenas de quilômetros de distância uns dos outros. Fazia apenas oito semanas que havíamos nos encontrado pessoalmente pela primeira vez. Será que já tínhamos certeza de que estávamos prontos para passar o resto de nossas vidas juntos?

Espero que tenham gostado do resumo básico do livro e do que eu achei. A resenha foi escrita em minhas palavras porque prefiro assim e acho que uma resenha é feita assim exatamente por poder colocar sua opinião para o leitor.



Resenha escrita por Alef Cauê. Blogueiro desde 2014. Amante de musica e twiteiro de plantão. Adora tudo que está ligado a moda e ao bem estar. Viaja no mundo dos livros e ama cinema.

BLOG
TWITTER

Nenhum comentário:

Postar um comentário