quinta-feira, 3 de novembro de 2016

As 07 páginas mais assustadoras da Wikipédia Brasileira


A Wikipédia pode salvar a vida de muita gente que precisa de uma ajuda para alguma consulta em um trabalho escolar, mas o que pouca gente sabe é que o site mantém em seus arquivos algumas páginas completamente assustadoras. E nós trazemos para você em primeira mão 07 dessas páginas mais misteriosas e assustadoras da Wikipédia Brasileira. 


VEJA O VÍDEO:




1. O Manuscrito 512


O manuscrito 512 se trata de um relato de um grupo de bandeirantes que exploravam nossas terras quando encontraram uma antiga cidade perdida em ruinas, bem no meio da selva brasileira. A página da Wikipédia do Manuscrito 512 traz vários detalhes interessantes sobre a cidade abandonada e transcreve alguns trechos do documento, como o fato do grupo de bandeirantes encontrar um velho cemitério rodeado de tumbas com diversas inscrições. O acesso ao documento original é extremamente restrito, mas é possível se encontrar na internet uma versão digitalizada que foi disponibilizada pela própria Biblioteca Nacional.

2. Matinta Pereira


A Matinta Pereira é uma bruxa velha que à noite se transforma em um pássaro macabro que pousa sobre os muros e telhados das casas e fica assoviando forte até acordar algum morador, que deve prometer algo ao pássaro para que ele vá embora. Assim, a Matinta Pereira voa para longe e retorna em sua forma de velha no dia seguinte para cobrar o combinado. Se o que foi prometido for negado, a bruxa roga uma desgraça na casa. A página da bruxa na Wikipédia traz outras versões da lenda e ensina como se livrar da velha caso você seja a próxima vítima...

3. Wendigos


A página da Wikipédia sobre os Wendigos vai literalmente te jogar no meio da floresta dessa criatura sobrenatural. De acordo com a tradição dos índios norte americanos, o primeiro Wendigo foi um homem que no passado quase morreu de fome durante um inverno rigoroso, e, para sobreviver, teve que comer os seus próprios companheiros. Depois desse ato canibal, ele acabou se tornando esse monstro que precisa caçar e se alimentar de carne humana. A lenda continua viva até hoje, e muitos dos índios que ainda sobrevivem nas Américas tem medo dos Wendigos, essas criaturas de olhos brancos, dentes afiados e pele esticada. Para matar um Wendigo é preciso queimá-lo, pois, segundo os indígenas, o Wendigo tem uma pele resistente e sobre-humana, que lhe permite sobreviver a qualquer tipo de ferimento causado por uma bala ou uma faca.

4. Síndrome de Cotard 



É melhor os hipocondríacos ficarem longe dessa página, já que a Síndrome de Cotard é uma das doenças mais bizarras e assustadoras já registradas pela medicina. Para você ter uma ideia, a síndrome de Cotard é também conhecida como síndrome do cadáver ambulante. É isso mesmo: A pessoa que sofre dessa doença acredita que morreu e não reage aos estímulos exteriores. Ela fica ali, se fingindo de morta enquanto realmente espera a sua morte. A doença pode ter efeitos “ainda mais bizarros” para algumas pessoas que acreditam que seus órgãos internos estão apodrecendo ou que já foram até mesmo retirados. É chamada de Síndrome de Cotard por que foi o neurologista francês Jules Cotard quem primeiro descreveu a síndrome, lá em 1880. Para se curar dessa síndrome, a pessoa tinha que se tratar com antidepressivos e sessões de choque.

5. O Monstro de Flatwood




O Monstro de Flatwood é também conhecido como o Monstro do Condado de Braxton e seria um possível extraterrestre flagrado por várias pessoas no Condado de Braxton, nos Estados Unidos, em 1952. Ele teria pelo menos 2 metros de altura, o corpo seria todo preto e o rosto brilhava por dentro. As testemunhas ainda descrevem ele com olhos não humanos, a cabeça alongada e seu corpo seria uma espécie de sombra que liberava uma névoa. Várias testemunhas que viram o Monstro de Flatwood passaram mal depois do evento, e um dos meninos sofreu com vômitos por semanas.

6. As crianças de olhos negros



A página das Crianças de olhos negros é de arrepiar! Foi uma lenda urbana que surgiu no Texas em algum momento no final dos anos 90. Ela dizia que crianças supostamente paranormais que tinham entre seis a dezesseis anos de idade, com pele pálida, roupas antigas e olhos completamente negros, eram avistadas mendigando pelas madrugadas das grandes cidades. No final de setembro de 2014, o jornal britânico Daily Star fez uma matéria sobre o caso, mostrando que até então havia um grande aumento de avistamentos das crianças de olhos negros pelo mundo. Cuidado se você for ler a página da Wikipédia no escuro: pode muito bem ter uma dessas crianças de olhos negros atrás de você...

7. O Edifício Joelma



O Edifício Joelma ficou bastante conhecido no Brasil e no mundo todo quando, em 1974, um grande incêndio atingiu todo o prédio comercial, deixando mais de 300 feridos e 191 trabalhadores mortos. Foi considerado um dos prédios mais seguros de São Paulo, conforme dizia a própria construtora na época. Mas parece que toda essa confiança não foi necessária para conter toda essa tragédia. Não havia escadas de emergência ou algum plano de evacuação. No início do fogo, muitos conseguiram fugir pelos elevadores, até que eles pararam de funcionar e despencaram, causando a morte de treze pessoas que tentavam fugir por eles. Elas nunca puderam ser identificadas e ficaram conhecidas como as “Treze almas do Edifício Joelma”. O prédio foi reformado e hoje é conhecido como “Edifício Praça da Bandeira”. A página da Wikipédia traz todo o cronograma do incêndio e ainda mostra que o lugar poderia ser amaldiçoado por pessoas que moraram lá antes da construção do Edifício.



Nenhum comentário:

Postar um comentário